balcaodigital_entrar-10.png
linhas_smas_home-10.png
As condutas do meu prédio são ainda em chumbo. É perigoso para a saúde?

A ingestão de chumbo pode ser nociva para a saúde, nomeadamente para as crianças que são particularmente sensíveis. Em grandes quantidades, o chumbo provoca "envenenamento" que pode ser mortal nos casos mais graves: estamos perante uma doença designada de Saturnismo.

A ingestão de chumbo processa-se através de múltiplas vias; o organismo absorve poeiras de chumbo que estão presentes no ambiente devido a atividades industriais.

Existe também vestígios de chumbo na maioria dos elementos, nas bebidas, e nas habitações este metal pode ser absorvido também como consequência da degradação de pinturas antigas, devido às tintas utilizadas conterem este metal.

Neste conjunto de fontes de contaminação, a contribuição da água potável é verdadeiramente insignificante, o que não impede as autoridades de serem muito severas quanto ao su valor limitativo. Atualmente um litro de água de consumo pode conter até 25 microgramas de chumbo. Este valor será no entanto reduzido a 10 microgramas de chumbo por litro a partir de 25 de Dezembro de 2013.

A água produzida pelas entidades gestoras raramente contém chumbo. O chumbo encontrado na água colhida na torneira do consumidor, provém de ramais de ligação e sobretudo das condutas interiores que antigamente eram executadas com este metal.

As entidades distribuidoras vêem substituir os seus ramais em chumbo, mas estas medidas só serão eficazes se a canalização interior de chumbo dos edifícios também for substituída.

Caso tenha na sua habitação canalizações em chumbo, deve deixar correr água da torneira durante alguns minutos antes de a utilizar para fins alimentares e, se possível, substituir a sua canalização.
Notícias | Mapa do Site | Sugestão / Reclamação / Elogio | Gestão de Conflitos | Contactos | Legislação Ambiental | Links Úteis | Galeria de Imagem | FAQ
 
         
 
Site optimizado para browser I.E. com resolução 1024x758
SMAS de Sintra - Todos os direitos reservados
 
selos-09.png