SMAS Sintra

EcoÁgua
Utilização das captações próprias e reutilização de águas residuais tratadas

Em 2003, os SMAS-SINTRA iniciaram o Projeto Ecoágua com o objetivo de racionalizar e garantir o uso sustentável da água, através da redução dos consumos a partir da rede de abastecimento. O projeto consiste no uso de água não tratada e não controlada, com recurso a antigas captações desativadas e às águas residuais tratadas produzidas nas Estações de Tratamento de Águas Residuais (após desinfeção), para utilizações que não tenham qualquer exigência de qualidade.

Para tal, foram instalados hidrantes ou marcos de incêndio de cor verde, com a indicação de água não potável. Os primeiros pontos Ecoágua surgiram em 2004, existindo atualmente dez (10) distribuídos pelo Concelho de Sintra.

Utilizações Ecoágua

A água proveniente dos pontos Ecoágua, destina-se a ser utilizada por grandes consumidores em usos não exigentes do ponto de vista da qualidade, como seja: a irrigação de espaços verdes, o combate a incêndios, a limpeza urbana (lavagem de ruas e de contentores.) ou ainda utilizações específicas como sejam a limpeza de coletores municipais ou a limpeza dos órgãos de tratamento das ETAR, entre outros.

 

Os Pontos Ecoágua constituem locais de abastecimento de água não controlada e não potável, não podendo ser utilizados em alternativa à água de abastecimento para os usos domésticos correntes.

Atualizado a 14/09/2021