Foi aprovada em reunião camarária a abertura do concurso público para a construção do Ecocentro de Vale Flores, na União de Freguesias de Sintra, no valor de um milhão e 500 mil euros.

“Com uma área de implantação das instalações de 8068.40 metros quadrados, o princípio orientador deste Ecocentro é apoiar o aumento da recolha seletiva multimaterial, permitindo a receção de resíduos no Concelho de Sintra através da sua deposição ordenada num só lugar”, lê-se em comunicado da Câmara Municipal de Sintra.

O recinto será fechado, mas aberto ao público, e permitirá a colocação, sem custos, de diferentes tipos de resíduos em contentores próprios, de forma a combater a “deposição ilegal de resíduos” e a promover o “aumento das recolhas seletivas”.

No ecocentro poderão ser depositados os habituais materiais recicláveis colocados habitualmente no ecoponto e resíduos de características diferentes ou de grandes dimensões.

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, considera que “o ecocentro vem dar resposta às várias solicitações para recolha e deposição de materiais que não devem ser colocados no contentor indiferenciado”.

Com um plano de investimentos para o triénio 2019/2022 de cerca de 50 milhões de euros, os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra têm em curso diversas empreitadas de construção, renovação e remodelação de redes.

Atualizado a 02/10/2020