A Câmara de Sintra aprovou, esta segunda-feira, a manutenção do preço da água em 2021, uma prática adotada no município nos últimos anos.

“Não aumentámos o preço da água ao longo dos últimos sete anos”, acentuou o presidente da Câmara e do Conselho de Administração dos SMAS de Sintra, Basílio Horta, que realçou o esforço financeiro efetuado pelo município, em função dos aumentos anuais impostos pela EPAL, para além dos custos decorrentes em 2020 da situação pandémica.

O município assumiu, no corrente ano, um encargo financeiro de 4,3 milhões de euros, com a redução de 35% na fatura dos utilizadores domésticos e de 20% para os não domésticos e isentou de pagamento os utilizadores das tarifas Sintra Social e Sintra Solidária.

Basílio Horta salientou, ainda, que o Tarifário dos Serviços de Águas e Resíduos não tem refletido os encargos com o tratamento dos resíduos, que ascende a cerca de nove milhões de euros, pagos pelo município de Sintra à Tratolixo (empresa intermunicipal que reúne os municípios de Sintra, Cascais, Oeiras e Mafra).

Tarifário dos Serviços de Águas e Resíduos 2021

Atualizado a 16/12/2020