Após mais de 15 mil visitantes nos quatro primeiros dias, entre 1 e 4 de dezembro, o Reino de Natal voltou à Vila de Sintra, em particular ao Parque da Liberdade, o “coração” da quadra natalícia na Vila Património Mundial. Apesar da chuva e do frio, foram muitos os que demandaram este lugar encantado, com fadas, duendes, bonecos de neve e renas, durante o feriado desta quinta-feira. No espaço dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) estiveram em destaque as pinturas faciais, alusivas a questões ambientais, e atividades de promoção da Economia Circular, em que se confere uma “nova vida” a resíduos, em momentos de criatividade dirigidos, em especial, aos mais pequenos. No próximo fim de semana, após uma sexta-feira reservada para as muitas escolas que agendaram uma visita ao Reino do Natal, os SMAS de Sintra vão continuar a dinamizar ações de cariz ambiental, centrados nos eixos do ciclo urbano da água e dos resíduos, para todos os visitantes.

Na manhã de sábado, estará de volta a Palhaça Patanisca para sensibilizar para as questões da preservação do Planeta, ao mesmo tempo que efetua uma pintura facial ou corporal, que tanto pode ser uma mera gota de água no rosto, no braço ou numa perna e até um trabalho mais elaborado, como a “Princesa Gota d’Água”, “o Pirata dos Ecopontos nunca navegados” ou o “Super-Torneira, numa atividade marcada pelo afeto da personagem do palhaço com a criança ou mesmo o adulto. O incentivo ao consumo da água da torneira, mas também à poupança deste recurso vital, assim como a sensibilização para o incremento da recolha seletiva, são mensagens presentes ao longo da atividade.

“Economia Circular-Jogo do Galo” é a atividade agendada para as tardes de sábado e domingo, em que os participantes são desafiados a reutilizar materiais, como as tampas de garrafas de plástico, neste caso para o tradicional “Jogo do Galo”. Na manhã de domingo, serão realizadas pequenas atividades de natureza científica, sob a denominação de “Luzes de Natal e Estrela Mágica”, que prometem explicar, de uma forma lúdica, como funcionam os circuitos elétricos. Para além de um curto circuito com recurso a uma pilha e um simples esfregão de palha de aço, os mais pequenos terão oportunidade, ainda, de fazer uma estrela de Natal, com apenas cinco palitos e uma gota de água.

Recorde-se que a entrada no Reino do Natal é gratuita, mas os visitantes são convidados a oferecer um bem alimentar não perecível, ou a entregar ração para animais ou mantas, num apelo solidário para que esta quadra seja vivida de outra forma por famílias desfavorecidas. Nos primeiros dias, foram recebidos 1992 bens alimentares e 111 produtos para os amigos de quatro patas. O evento poderá ser visitado, este ano, até ao Dia de Reis (6 de janeiro), com o seguinte horário: nos dias 9,15 e 16, das 9h00 às 17h00; nos dias 21, 22, 23, 28, 29 e 30 de dezembro e 4,5 e 6 de janeiro, das 11h00 às 19h00, e aos fins de semana e feriados (10 e 11, 17 e 18 de dezembro), das 11h00 às 19h00.

As atividades natalícias compreendem, ainda, o Mercado de Natal, no Largo do Palácio da Vila, todos os dias das 10h00 às 19h00, e no Newsmuseum. Este ano, Sintra oferece aos visitantes a oportunidade de usufruírem de uma viagem gratuita no comboio de Natal, com partida da Volta do Duche, a partir das 18h00, que irá percorrer as ruas do Centro Histórico e permitir visualizar, de uma maneira diferente, as iluminações natalícias. Inicialmente agendado para esta semana, o espetáculo de videomapping “Quebra Nozes” foi adiado para a próxima semana, entre os dias 16 e 18,  das 18h00 às 21h00, tendo como palco a fachada do Palácio Nacional de Sintra. Nos dias 5 e 6 de janeiro, no mesmo horário e local, será apresentado o videomapping “Dia de Reis”. Música, circo e dança completam a programação natalícia na Vila Património Mundial, que terá ainda, no dia 18 de dezembro, pelas 16h00, em frente ao Palácio da Vila, o espetáculo “A Fábrica do Pai Natal” com muita animação.

Mais informações em https://www.smas-sintra.pt/reino-natal/

Atualizado a 27/12/2022