Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) assinalaram este sábado, 1 de outubro, a expansão da recolha seletiva de resíduos alimentares a todo o concelho de Sintra, com uma ação de divulgação na Feira de Monte Abraão.

Com o apoio da União das Freguesias de Massamá e Monte Abraão, os  munícipes foram sensibilizados para aderirem ao sistema de recolha de biorresíduos, desviando estes resíduos do encaminhamento para aterro e possibilitando a sua valorização através da produção de energia ou de um composto orgânico para fertilização dos solos agrícolas.

Com o alargamento agora realizado, o sistema de recolha de biorresíduos, que os SMAS de Sintra lançaram para o terreno em outubro de 2020 através de um projeto piloto, passa de 200 mil para 385 mil potenciais aderentes, correspondentes a toda a população do concelho de Sintra.

Para aderir ao sistema, os munícipes apenas necessitam de preencher um formulário disponível no site dos SMAS de Sintra, em https://www.smas-sintra.pt/adesao-a-recolha-seletiva-de-biorresiduos/, sendo-lhe, posteriormente, entregue em casa um pequeno balde (de sete litros) e sacos verdes. Os resíduos alimentares, tanto crus como os cozinhados, deverão ser colocados nesses sacos verdes que, depois de cheios e bem fechados, serão depositados nos contentores de resíduos indiferenciados (lixo comum). Quando chegam à Tratolixo, entidade que efetua o tratamento dos resíduos nos concelhos de Sintra, Cascais, Oeiras e Mafra, os sacos verdes são triados, através de um sistema de leitura ótica, e encaminhados para valorização: produção de energia ou de composto orgânico.

À semelhança do que acontece no momento da adesão ao sistema, também o reforço dos sacos verdes poderá ser efetuado no site dos SMAS de Sintra ou através do contacto 910 443 505, sendo a sua entrega concretizada, gratuitamente, na residência dos munícipes.

Representando um investimento de cerca de 670 mil euros e com financiamento do POSEUR, a Operação “Sintra e os Biorresíduos” arrancou em 2021 e abrangeu 75 mil pessoas, no território da Freguesia de Colares e algumas localidades da União das Freguesias (UF) de Queluz e Belas, Freguesia de Rio de Mouro, Freguesia de Algueirão-Mem Martins e UF de Sintra. Ao longo de 2022, o sistema de recolha seletiva de resíduos alimentares já foi alargado à UF de Agualva-Mira Sintra, totalidade do território da UF de Sintra, UF de Massamá e Monte Abraão e totalidade da Freguesia de Algueirão-Mem Martins, sendo expandido agora a todo o concelho de Sintra.

Atualizado a 02/10/2022