Meia tonelada de resíduos foram recolhidos, no passado dia 7 de maio, durante uma ação de limpeza de pinhal, promovida pela associação Sana Mare, em parceria com a Câmara Municipal de Sintra, Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) e Junta de Freguesia de Colares. A iniciativa pretendeu contribuir para a melhoria do espaço natural entre as Azenhas do Mar e Janas, com vista a permitir uma melhor fruição por parte da população. Além de uma multiplicidade de resíduos abandonados no local, o pinhal está a ser alvo de deposição ilegal de resíduos de construção e demolição, numa situação que foi encaminhada para a Polícia Municipal de Sintra.

A iniciativa visou sensibilizar a população em geral para os efeitos nefastos do descarte inadequado de resíduos, em particular do plástico, que constitui foco de poluição da água e dos solos, afetando diretamente os ecossistemas, as espécies e a saúde humana.

Além do impacte visual e paisagístico dos resíduos, a iniciativa alerta que “O que cai ao chão cai ao mar”, já que os resíduos que são lançados ao mar, como embalagens descartáveis, beatas de cigarros, copos de plástico, e que pela sua dimensão e leveza são direcionados para as sarjetas, vão confluir no mar, provocando a sua contaminação e podem entrar na cadeia alimentar dos animais marinhos.

A limpeza de pinhal contou com a participação do diretor delegado dos SMAS de Sintra, Carlos Vieira, e do vogal da Junta de Freguesia de Colares, Rui Fernandes.

Atualizado a 11/05/2022