Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Sintra concluíram a reabilitação do Reservatório das Praia das Maçãs (Colares), num investimento de 147.979 euros, que consistiu na impermeabilização interna das células, das coberturas e da câmara de manobras. As obras compreenderam ainda a substituição e reparação da tubagem e outros equipamentos hidráulicos.

O Reservatório da Praia das Maçãs é constituído por duas células semienterradas, com a capacidade de 250 m³ cada (total de 500 m³).

Os SMAS de Sintra estão a reabilitar um conjunto de equipamentos na área do abastecimento de água. A empreitada mais recente, a este nível, reside na reformulação da câmara de manobras e reabilitação das células do Reservatório da Eugaria, também na freguesia de Colares, num investimento de 288 mil euros.

Com um prazo de execução de 420 dias (14 meses), os trabalhos resultam da necessidade de requalificar o equipamento. As obras compreendem a realização de trabalhos de construção civil, substituição dos circuitos hidráulicos e da central elevatória, a reformulação do sistema de telegestão e a requalificação dos espaços exteriores.

Os serviços municipalizados têm em curso, ainda, a reabilitação do Reservatório da Amoreira, em São João das Lampas, num investimento de cerca de 300 mil euros. Iniciada em final de setembro, a empreitada tem um prazo de execução de 180 dias.

A intervenção decorre de diversas patologias do Reservatório da Amoreira (constituído por duas células semienterradas, com capacidade de 175 m3 cada), que podiam colocar em causa o adequado uso do equipamento.

A empreitada implica, ainda, o desvio da conduta de saída do reservatório, atualmente implantada em terrenos particulares. As obras compreendem um prolongamento da rede existente, que permitirá a ligação das condutas na Rua Principal e na Rua da Lomba e possibilitará o abastecimento a Odrinhas, Alvarinhos e Pobral.

 

Os SMAS de Sintra são a maior entidade gestora dos sistemas públicos municipais de distribuição de água em Portugal, contando com mais de 190 mil clientes. Estes serviços municipalizados estão a investir, durante o triénio 2019/2021, mais de 50 milhões de euros na gestão e inovação dos sistemas de água e resíduos.

Atualizado a 02/12/2020