Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) vão proceder à ampliação e remodelação da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Azóia, na freguesia de Colares, num investimento estimado em 530 mil euros, com um prazo de execução de 480 dias (16 meses).

A ETAR da Azóia está em funcionamento desde 1994, tendo sido dimensionada para uma população de 500 habitantes e um caudal médio de 80 m³/dia, o qual é ultrapassado em diversas ocasiões. Nesse sentido, a empreitada contempla a ampliação da estação de tratamento, com a construção de um conjunto de tanques, incluindo canal de oxidação e decantador secundário, a execução de unidade elevatória de lamas, a edificação de edifício para cisterna de água filtrada e poço de bombagem, entre outras obras, assim como a remodelação do edifício de exploração e arrecadação de cal e outros reagentes.

Com tratamento biológico aeróbio por lamas ativadas de baixa carga, em sistema de vala de oxidação, a ETAR da Azóia será, ainda, dotada de mecanismos fiáveis de medição de caudais à entrada.

Ao longo da realização da obra, a estação de tratamento continuará em funcionamento, dada a sensibilidade ambiental da zona, inserida em pleno Parque Natural de Sintra-Cascais.

Atualizado a 20/01/2021